domingo, 19 de setembro de 2010

Busca de Renovação

Charles Evaldo Boller

Sinopse: Procedimentos, requisitos, características do candidato à Maçonaria.

A iniciação é fundamental para a continuação da Maçonaria, porém a escolha de novos exige responsabilidade. Para ser maçom não basta ser livre e de bons costumes, amigo, bom esposo e pai. Exige-se do candidato inteligência e discernimento para absorver as filosofia e doutrina maçônicas para si, agregada à capacidade de espargir a luz deste conhecimento aos outros.

Busca-se pessoa que: crê em Deus e numa vida futura; seja sociável, honesta, livre e de bons costumes; possua comportamento moral ilibado; reconheça a importância dos valores; traga dentro de si bons costumes adquiridos da educação; busca incessante evolução; seja estudante dedicado; entenda o conceito de liberdade responsável; tenha pensamento aberto; respeite o pensamento do outro; possua boa vida familiar; disponha de recursos financeiros para despesas pecuniárias na instituição; possua ilibado comportamento, apto, disposto a lutar pelo bem estar da humanidade. Para entrar na Maçonaria há necessidade que alguém represente o cidadão, que conheça suas qualidades e esteja apto a julgar se o convite é viável. Confirmadas as qualidades do candidato acontece o convite. Só depois de certificar merecimento faculta-se ao cidadão pedir adesão.

Viver de acordo e em plenitude com a filosofia maçônica é de difícil alcance. O maçom já existe dentro do candidato, o que se faz é encontrá-lo e iniciá-lo. Não está fácil encontrar homem voluntarioso para trabalhar pela evolução da humanidade. É árduo o procedimento de convidar alguém que demonstre o conjunto de características desejadas. Não apenas atuante na filantropia, mas de forma comprometida e proativa engajar-se na luta para a solução de problemas da humanidade; alguém ciente da necessidade de melhorar sua educação; dotado de humildade e energia para efetuar mudanças em si mesmo. O candidato deve possuir boas características antes de entrar; a Maçonaria não é reformatório!

Considerando a importância da questão para continuidade da Maçonaria cabe ao mestre maçom debater o tema da escolha de novos junto a seus irmãos e sob a luz da sabedoria do Grande Arquiteto do Universo.

Data do texto: 03/01/2011

Sinopse do autor: Charles Evaldo Boller, engenheiro eletricista e maçom de nacionalidade brasileira. Nasceu em 4 de dezembro de 1949 em Corupá, Santa Catarina. Com 61 anos de idade.

Loja Apóstolo da Caridade 21 Grande loja do Paraná

Local: Curitiba

Grau do Texto: Aprendiz Maçom

Área de Estudo: Maçonaria

Nenhum comentário: